Suricate

terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Hábitos antigos são sal agarrado à pele!







 















O tempo passa, mas há coisas que ficam para sempre, a gente até sabe que está errado, mas não há volta a dar. Já aqui contei muitas vezes que recebi uma educação de gente humilde mas rígida e com regras que ultrapassavam o rígido porque se misturavam com outras impostas pela religião que era dos meus pais. Tentei sacudir de mim o mais que pude essa rigidez, mas não duvido que muita coisa tenha ficado. A nível de maneira de falar reconheço ter uma forma meia antiga, meia "do povo" de falar:
"Ide com Deus!"
"Ide à vossa vida!"
"Meninas ide para o banho, rápido!"
"Deus vos abençoe!"
É a maneira de falar que dorme e acorda comigo, já não tenho emenda e não faço por mal, sai-me sem querer, nunca vou a tempo de morder a língua.

No outro dia estávamos as três a ver uns episódios do Mar Salgado (mais uma história de faca e alguidar da SIC, mas com alguns bons desempenhos de alguns atores!), a história retrata muita gente do mar com hábitos simples e humildes e de repente numa cena sai-se uma mãe para os filhos:
"Ide com Deus!"
Eu achei aquilo normalíssimo, então, como é que uma mãe pede a benção de Deus para os filhos que vão a sair de casa?! Mas as meninas escaqueiraram-se a rir divertidas com cara de busted Mummy!
Dedo apontado para mim, até então nunca tinham ouvido ninguém, além de mim e dos avós maternos, a falar assim.. e eu?
Eu ri-me com elas, fazer o quê?!

Amor de ir e voltar!

Para as minhas meninas: Tenham vocês a idade que tiverem ninguém jamais tirará de mim o amor que verto e todo o que de vocês bebo, na hora da naninha.
 ..AAAhhhh! E já agora esqueçam-se de crescer, aquele será sempre o momento da vossa, nossa vida em que eu beijo, abraço e afago as minhas meninas com cerca de dois aninhos cada uma...e há-de ser sempre assim!
 
 

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

"Este é o primeiro de um dos últimos dias do Governo"

Pois eu acho que Costa está redondamente enganado. Eu acho que este é o primeiro dia da renovação de mandato que o atual governo vai conquistar (cenário que há pouco tempo atrás eu só colocava no campo da anedota!) Porquê? Elementar meu caro Watson, entre o mau e o péssimo que venha o Diabo e escolha ou então atirem-se já os últimos 3 anos de sacrifícios sobrehumanos pelo ralo abaixo!
Fui só eu que vi ontem tudo o que era apóstulo de Sócrates a escolherem já os assentos na primeira da plateia? Fui só eu que vi todos os ministros de Sócrates em filinha a enfiar o focinho camaras de televisão adentro, eufóricos e com cara de emplastro desdentado " Look at me, I'm back !" ?!
 
Não falo pelos outros, mas eu senti vontade de vomitar. Costa é, para mim, o símbolo socrático do tachismo entre amigalhaços do pior tempo de desgoverno em Portugal, de gastar como se não houvesse amanhã e quem vier atrás que feche a porta (com contas para pagar a partir de 2050...até eu, governar com o dinheiro dos outros é brincadeira de meninos!). É o regresso ao investimento público que só significa despesa pública, é o regresso dos negócios ruinosos para o estado e a multiplicação das PPP's...as contas ficaram para nós pagarmos ontem, hoje e nas próximas décadas, quero acreditar que como eu, os portugueses que se vêm roubados e que lutam com dificuldades de sobrevivência, não se esqueceram de todos os que estão na origem disso e sonham com o dia em que a justiça se faça!
 
Não quero com isto dizer que defenda, ou acredite em Passos, Deus me livre! Se arrependimento matasse eu já tinha morrido há três anos atrás em que poucos meses depois me apercebi que os portugueses tinham escolhido para chefe do seu governo um mentiroso compulsivo tão ou mais perigoso do que o ladrão que o antecedeu.
É graças à visão de um obstinado que chegamos ao momento presente, em que muitos de nós já perdemos tudo, saúde, família, casa, carro, emprego...até a vida. Aos que restam, esses lutam heroicamente no dia-a-dia para que não lhes roubem a pouca dignidade que ainda sentem!
 
E é neste ponto que reside a minha verdadeira falta de esperança no futuro do meu país...é perceber que as alternativas que se perfilam são os Marinhos-pulhas-Pintos da politica portuguesa e por isso sim, por sentir que não foi este o futuro que pensei para as minhas filhas, por sentir que estou a falhar perante elas, porque nada daquilo que lhes sonhei estou a realizar...a minha tristeza é profunda e a minha desesperança total!
 

sábado, 27 de Setembro de 2014

Lema de Fim de Semana de SOL!

 



 

É o melhor conselho de fim de semana que vos posso dar...e eu sei muito bem do que falo!
Acreditem!

Não vale a pena...o que tiver de ser será!
















É só a mim que esta faz dançar?
Sentir o sol no rosto, o pé no chão, o corpo responder ao convite e perceber que o sabor dos dias sem relógio não tem preço e um sorriso é sempre muito mais fácil e mais quente do que uma carranca de mal com a vida que merece, que precisa ser vivida!

sexta-feira, 26 de Setembro de 2014

A Manter Debaixo de Olho Deles

PEYTON LIST
 







 


As saudades que eu tinha disto!!!

















Aqui está a prova que estão a perder o interesse na velha Suricate, que já não sou novidade para ninguém, que está tudo dito, tudo sabido.
Como é que eu sei disso?!
É que já me esqueci da última vez que me desafiaram e eu gosto de ser desafiada!
(No meu tempo, ahahah, eram desafios...agora são TAG's?!)
Obrigada  Jelly:)))  teres-te lembrado de mim! Chega a minha resposta tarde e más horas, mas aqui vão as regras:
· O Desafiador deve fazer 5 perguntas sobre o blog escolhido;
· O Desafiador deve deixar os links dos blogs que desafiou;
· O blog que for desafiado deve deixar na TAG quem o desafiou;
· Só é permitido criar perguntas sobre o blog;
· Os blogs desafiados devem ser informados disso e responder nos comentários da tag se aceitam ou não.
As perguntas da Jelly e as minhas respostas:
1. O que te levou a criar o blog?
Eu mal sabia o que isto era e nunca tinha sonhado com essa possibilidade. Foi numa altura em que eu me queixava muito de ter saudades de escrever (algo que sempre fiz quando era nova, mas que abandonei com a velocidade da vida a acontecer). O blog nasceu por sugestão de MorMeu, foi ele que criou o espaço e me ensinou os primeiros passos, depois tal e qual como os bebés fui crescendo e aprendendo a construí-lo sozinha. É o espaço onde verto bocados de mim.
2. Alguma vez tiveste problemas com algum seguidor?
Sim, mas todos os problemas têm uma solução, no blog, como na vida resolvo os males pela raiz, corta-se ou melhor, bloqueia-se o seguidor. Problema resolvido.
3. O que te faz manter o blog?
O não deixar que quem não me merece consideração consiga os seus intentos. Pensar que no fundo o que move a maledicência é a inveja e não permitir que nenhum desses sentimentos abjetos me vença. O Apoio (com opinião própria) sincero de MorMeu e das minhas meninas minhas primeiras seguidoras, comentadoras e criticas desde o primeiro dia! E, last but not the least, Vocês, a vossa presença e todas as janelas que sem saberem abriram na minha vida!
4. O que nunca escreverias no blog?
O que não quero. A minha intimidade, a nossa privacidade.
5. Se o teu blog é anónimo: é difícil manter o anonimato?
O meu maior erro foi quebrar o anónimato do mesmo junto de pessoas que eu julgava próximas e que gostavam de mim como eu gostava delas. Enganei-me e pelo justo paga o pecador. Hoje em dia tenho mais vontade de conhecer e de privar com alguns de vocês para quem sou uma perfeita desconhecida, do que de estar junto daqueles que conhecendo-me me trataram movidos pela maldade que é o prazer de ferir, de magoar...de fazer mal.
É por esta razão que penso muitas vezes em deixar de ser a Suri, Suricate, mas depois passa-me e a vontade de bater o pé e de continuar a ser quem sou é mais forte e cá estou eu.